América se preparando para sábado

O América realizou ontem mais um treinamento tático. Paulinho Kobayashi definiu o esquema tático que deverá ser usado no jogo do próximo sábado, às 15h30, contra o Floresta (CE), em Horizonte/CE, pela segunda rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro.

“O objetivo é esse, mesmo porque, no planejamento, você consegue as vitórias dentro de casa e um empate fora, você soma quatro pontos e é só questão de fazer a inversão. Se conseguir a vitória fora, o empate dentro de casa acaba sendo um ponto importante. Nós entendemos que vamos buscar a vitória porque isso daí faz parte do planejamento para que nós possamos estar somando os pontos, lógico que respeitando bastante o Floresta (CE). Eu sei que é uma equipe qualificada, contrataram também, tem um investimento grande ali, mas nós temos que entender que o América é uma equipe que tem que estar sempre buscando os resultados principalmente porque nós brigamos diretamente pelo acesso, pela classificação. Por isso, o objetivo nosso maior é a vitória”, disse o técnico Paulinho Kobayashi.

Para a partida, dúvidas não faltam para o comandante americano que teve mais uma baixa, o atacante Zé Eduardo que retornou ao Cruzeiro (MG). Ainda sem saber se poderá contar com Éverton Silva e André Krobel, o técnico alvirrubro segue buscando alternativas para escalar o time.

“Complicado. Infelizmente as situações estão acontecendo, mas nós não podemos achar que essas dificuldades podem atrapalhar o nosso trabalho. Então nós temos que continuar trabalhando. Eu confio muito no grupo. Tenho certeza de que o grupo vai conseguir o objetivo, independente de todas essas situações. A gente torce muito para o Zé [Eduardo], que é um menino que nos ajudou aqui bastante, que tenha muito sucesso lá, mas o América tem que continuar e buscar o objetivo maior que é a classificação”, falou.

Rio terá torcedores nos estádios, porque não aqui também?

A prefeitura do Rio de Janeiro e a Federação de Futebol do Rio (FFERJ) definiram nesta sexta-feira (18) a volta do público no estádio Maracanã a partir do dia 4 de outubro, na partida entre Flamengo e Atlético Paranaense, pela 13ª rodada.

No encontro realizado a portas fechadas, no Riocentro, foram apresentados os protocolos para o retorno gradativo do público, como uso obrigatório de máscara, distanciamento social, venda de ingressos pela internet e ocupação de apenas 30% de cada setor. A expectativa é que o estádio receba, no máximo, cerca de 24 mil torcedores por jogo.

Caso aqui em Natal fosse liberado, na Arena das Dunas, O América poderia colocar público de qté 10 mil torcedores.

Confrontos entre América x Campinense

Na história das competições nacionais, o América não perde para o Campinense (PB) desde 1972. Naquele ano, as duas equipes se enfrentaram quatro vezes pela Série B. Anos depois jogaram três partidas na Série A. Em 1988 e 1990 jogaram mais três jogos na Série C. Em 2009, fizeram dois jogos pela Série B e em 2011 outras duas partidas pela Série C. 

A última derrota do América para os paraibanos foi em 13 de dezembro de 1972 por 1 a 0, gol marcado por Valmir, jogo em Campina Grande. 
Em Natal, a Raposa só venceu uma vez, 3 a 1, dia 02 de dezembro de 1972, jogo disputado no estádio Juvenal Lamartine. Durante esses 47 anos de tabu, foram disputadas 10 partidas.

Na pré-temporada visando as competições de 2020, o Mecão bateu a equipe da Paraíba por duas vezes em jogos amistosos, 2 a 1 na Arena América e 1 a 0 no Estádio Renatão, em Campina Grande/PB.

Veja todos os resultados do confronto:
18/08/1968: Campinense 1×2 América (Taça Brasil)21/08/1968: América 0x0 Campinense (Taça Brasil)
17/09/1972: Campinense 2×0 América (Série B)28/10/1972: América 3×2 Campinense (Série B)02/12/1972: América 1×3 Campinense (Série B)13/12/1972: Campinense 1×0 América (Série B)
09/03/1978: Campinense 1×1 América (Série A)
28/05/1979: América 2×2 Campinense (Série A)
26/02/1981: América 2×0 Campinense (Série A)
26/10/1988: América 2×1 Campinense (Série C)02/11/1988: Campinense 1×1 América (Série C). Nota: Nos pênaltis, o América venceu de 5 a 4.
07/10/1990: Campinense 1×3 América (Série C)
04/07/2009: Campinense 0x1 América (Série B)02/10/2009: América 4×4 Campinense (Série B)
30/07/2011: América 1×0 Campinense (Série C)04/09/2011: Campinense 1×2 América (Série C – foto)
Fonte: Marcos Trindade, pesquisador do Futebol Potiguar.

Começa o Brasileiro

O América fará a sua estreia neste sábado na Arena das Dunas, jogo válido pela série D do campeonato Brasileiro. A partida tem inicio às 16 horas. O América terá dois desfalques importantes, os dois alas direito(André Krobel e Everton) esão fora da partida, devido a contusões. Ja a equipe do Campinense decerá ter cinco desfalques:
Além dos problemas físicos do zagueiro Uesles, do lateral-esquerdo Vinícius Araújo e do meia-atacante Juliano, o técnico raposeiro também perdeu o zagueiro Dorgival e o meia Echevería, que foram diagnosticados com coronavírus e sequer viajaram com o grupo para Natal.
No comando do apito o escolhido foi Rogério Goulart, que é gaúcho e faz partes dos quadros de arbitragem da CBF.

Decisão

O América precisa de um único resultado na decisão de hoje, a vitória para conquistar o turno e seguir com mais dois jogos para conquistar o título do campeonato estadual. Para esta partida, Paulinho Kobaichi deverá escalar o América com: Ewerton, André Krobel(Everton), Edson, Brand, e Renan; Felipe Guedes, César Sampaio, Romarinho e Lelê; Augusto e Zé Eduardo. O Jogo tem inicio às 16 horas no Frasqueirão. O jogo será transmitido pelo www.futebolcard.com.br